quinta-feira, agosto 24, 2006

VELHOS COMBATENTES

XICO FANHAIS TINO FLORES AFONSO DIAS JOSÉ FANHA MANEL FREIRE

Velhos combatentes
e ainda com música nos dentes e um cravo na alma







11 Comments:

At 3:24 da manhã, Blogger Maria said...

Caro Zé Fanha
Pena é que já faltem aqui tantos...
Já não estão conosco, mas continuam nos nossos corações.
Velhos tempos, tempos novos...
Não resisto, aqui vai:
"Acerta a tua voz
pelo rigor da ternura
acerta o coração
pela violência do grito
acerta o teu olhar
pelas lágrimas da vida
E não
pelo discurso,
pelo relógio,
pelo apito
que marca a hora certa
da entrada e da saída".

Continue a deliciar-nos.
Bem haja

 
At 11:44 da manhã, Blogger zemanel said...

A liberdade fotografada.
A liberdade. Toda!

 
At 10:50 da tarde, Blogger Papoila_Rubra said...

:)

Mau, mau! Alguns dos meninos estão MUITO gordinhos... :(

Atenção! assim o coraçãozinho poderá "PULSAR" com dificuldade!!...

beijo

 
At 8:33 da tarde, Blogger mni said...

beijinhos para todos!

 
At 8:33 da tarde, Blogger mni said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 
At 7:07 da tarde, Blogger A COR DO MAR said...

Saudades .....
e tambem aqui vim encontra a minha amiga Maria a comentar , que giro :)))
Beijo grd*

 
At 11:40 da tarde, Blogger red said...

5 grandes combatentes... recordar Fanhais com Zé Mario Branco em Guimarães em 84/85... Flores em... com o Zé Mário Branco num 24 de abril à noite em Guimarães. memorável. Freire em... na festa do avante... e a raiva de não ter assistido a nada ao vivo do José Fanha e do Afonso Dias...
Um abraço

 
At 8:04 da tarde, Blogger Margarida said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 8:07 da tarde, Blogger Margarida said...

Os 5 magníficos da minha geração.
Obrigada por existirem e nos transmitirem mensagens de liberdade.
guida

 
At 8:24 da tarde, Blogger Parapeito said...

E que a Alma nao pare de crescer...para que possam nascer sempre mais cravos.

 
At 7:34 da tarde, Blogger Helena Barroso said...

Sou uma estranha anónima para vós...
Adoro a poesia de José Fanha.

Nesta foto do blog, convosco a entardecer como eu, pensar que a vossa participação na poesia e na música, fez andar o Mundo, que foi levada a tantos desconhecidos como eu e a meus amigos, que contestámos o regime da época também, de outras maneiras.

Teria eu passado algo a meus filhos da beleza da vossa arte? Tentei, mas tanto, acho que não...
Fui amiga do Zeca Afonso e do Carlos Paredes, do Lopes Graça.

Sim, talvez passasse o gosto pela música, tenho três filhos músicos ( ditos clássicos), talvez fossem vós as raízes disso"
Que belo verso de Fanha, do qual não conheço toda a sua obra poética e a anterior Maria reproduz!

"Acerta a tua voz
pelo rigor da ternura
acerta o coração
pela violência do grito
acerta o teu olhar
pelas lágrimas da vida
E não
pelo discurso,
pelo relógio,
pelo apito
que marca a hora certa
da entrada e da saída".

Que maravilha, como ela peço, escreve mais José Fanha.

Helena Barroso

 

Enviar um comentário

<< Home